Descubra como encantar seus leitores e clientes com seus textos

A cada minuto somos bombardeados com centenas de anúncios, novos conteúdos e promessas que reviram nossa mente.

Isso tudo causa em nós, redatores, copywriters ou storytellers de primeira viagem, uma grande confusão que te faz se sentir inseguro.

Em meio à tantas técnicas e "segredos" ultra revolucionários que te farão ganhar rios de dinheiro, você acaba se frustrando, e percebe que seguir modelos prontos não trazem tantos resultados.

Por isso, hoje quero compartilhar contigo como encantar seus leitores e clientes com seus textos, sem seguir padrões, apenas te mostrando o caminho que segui e me fez faturar mais de R$ 50.000,00 nos últimos 12 meses, o que, para alguém que trabalha em casa e não tem tantos anos de mercado, é algo muito interessante, diga-se de passagem hehe.

Então, presta atenção no que eu vou te contar e COLOCA EM PRÁTICA!


O segredo está na intenção e no "deixar fluir"

A temida página em branco pode paralisar profissionais da escrita.

Eu já passei por isso e me frustrei inúmeras vezes.

Mas hoje em dia, dificilmente uma página em branco me assusta, pelo contrário, ela me fascina.

É como se fosse um chamado para criar algo meu, para ligar ideias minhas e de outros mentores que gerem uma nova ideia, uma nova forma de pensar, um novo conteúdo que seja impactante, divertido ou, apenas, muito bom de ser lido.

Você já teve essa sensação?

De ler um texto tão bom, mas tão bom que você nem viu o tempo passar?

E ao chegar ao final dele saiu com uma agitação interna para fazer alguma coisa à respeito?

Pois bem, você na rede de um bom contador de histórias, vulgo, redator, copywriter etc.

Isso porque, escrever é, de fato, brincar com as palavras, com as expressões.

Eu vejo a escrita como uma conversa. Não de cima para baixo. Mas uma conversa entre amigos.

O que escrevo é pensado em alguém que tá deitado no sofá querendo rolar o feed e se distrair dos problemas da vida e de repente uma luzinha de curiosidade acende na sua mente para que ele clique num conteúdo que eu escrevi.

E o que quero, a partir disso, é que a pessoa tome uma atitude: compre, reflita, analise, aprenda algo novo ou compartilhe essa nova informação com alguém que ela identificou durante a leitura e sentiu que isso ajudaria essa pessoa.

Escrever é dar vida às ideias e ter o poder de nomear sentimentos para gerar emoções.

Por isso, não faça nada por volume de produção ou porque é obrigado.

Escreva sentindo as palavras que o texto carrega. Pense que elas são o seu presente para quem for ler.

Deixe fluir e seja sempre intencional.

Porque você  sabe quando cria algo que não está bom.

Então, releia mil vezes e encontre as falhas. Reescreva outras mil, até encontrar a sua voz e o seu ritmo de escrita.





Por que é importante encantar seus leitores com seus textos?

Primeiramente porque a briga pela atenção é, na real, uma batalha sangrenta.

Tem gente que faz de tudo para chamar a atenção do seu leitor, e até consegue. Mas não retém. Ou seja, não se torna inesquecível.

Não é aquela pessoa que tu sente gosto de voltar a ler algo novamente.

E quando você encontra o caminho do encantamento da escrita consegue:

  • Persuadir alguém com mais facilidade
  • Ganha a confiança dessa pessoa
  • Ganha a admiração e o respeito e isso constrói a sua reputação
  • Facilita que você faça vendas
  • Aumenta seu poder de influência
Além de outras consequências que a escrita que encanta causa, ela ainda aumenta nossa confiança, nosso prazer pelo trabalho que fazemos e dá uma injeção de ânimo na nossa rotina.

Porque, agora, a folha em branco não assusta mais , ela convida para novas aventuras.

Como escrever um texto que encante meus leitores e atraia clientes

A primeira coisa que você precisa fazer é ter repertório.

Uma pessoa criativa, com pensamento rápido e com um vocabulário rico, consegue escrever muito melhor do que alguém que é limitado nessas habilidades.

Portanto, leia livros, blogs, resenhas de todo tipo para te ajudar nesse processo.

Outra coisa que ajuda é criar arquivos onde você vai guardar os melhores trabalhos que você viu.

E os releia sempre que quiser acender a luz da inspiração na sua mente.

Prestando atenção no que essa pessoa fez para tornar o texto tão interessante.


Passo 1: Pesquise temas

A primeira coisa que eu faço é pesquisar por conteúdos criados sobre os temas que preciso escrever.

Não leio todos de cabo à rabo, alguns apenas passo o olho e se me chamar a atenção eu volto para ler com mais cuidado.

E faço isso com uma folha em branco do meu lado, onde anoto conceitos, curiosidades, nomes, insights.


Passo 2: Quebre o tema

Digamos que o tema seja "Como manter uma boa alimentação"

Eu pego cada trecho do tema e quebro com perguntas e simbolismos.

Ficaria assim:

"Como manter: tem haver com hábitos, disciplina, rotina da pessoa, posso começar o texto falando sobre isso."

"Boa alimentação: o que é bom ou ruim? - assistir algumas entrevistas de nutricionistas - alimentação boa é aquela equilibrada? então falar sobre fazer as pazes com as comidas e não exagerar em nada, mas comer de tudo, dando preferência para certos alimentos."

"No fim, vou falar sobre hábitos, rotina, equilíbrio, não vilanizar alimentos e posso compartilhar coisas que eu experenciei com dietas que não funcionaram"

Viu como as ideias começam a ficar mais nítidas?

Eu chamo isso de "sentir o que o assunto têm a me dizer" e pode ter certeza de que ao fazer isso, nenhum texto será igual ao seu.

E nem você vai querer comparar ou copiar textos de outras pessoas.


Passo 3: Escrever é como construir

A base eu te ensinei: sentir o tema, pesquisar e organizar as ideias.

É como se eu estivesse construindo os palanques, o chão e as paredes de uma casa.

E o restante é decoração: janelas, mobílias, cores etc.

Por isso, escreva todo seu texto num tempo determinado. Deixe fluir, pois você já ordenou antes as ideias.

E depois disso apenas revise, refine, torne a leitura mais fluída. Aqui entra a parte da gramática, regras, SEO etc...


Passo 4: Um texto é uma conversa

Releia seu texto em voz alta, como se estivesse conversando com alguém.

Se a conversa tá chata, não flui, tá travada ou parece que falta algo é porque você não tornou o seu texto em uma conversa ainda.

Um texto que encanta nem sempre é um manual de instruções.

Ele conversa com as dores e desejos da pessoa que lê.

Ele pode dar esperança, acolher ou dar um sacode que faz a pessoa comprar algo.

Por isso, não deixe que o encanto de um texto morra porque a regra é X ou Y.

O segredo não está nas palavras soltas, mas sim na emoção gerada através da combinação delas.

Os erros que você não pode cometer se quiser escrever textos que encantem seus leitores e clientes


A primeira coisa é mudar o olhar sobre o que você faz.

Olha que interessante isso que acabei descobrindo: a grande escritora Virgínia Woolf, costuma escrever em pé, pois ela dizia que escrever era como pintar com as palavras.

Isso me fez ficar ainda mais maravilhada com o universo da escrita, porque senti a mesma coisa há 2 anos quando decidi trabalhar apenas com isso.

Mesmo parecendo desafiador eu olhei com olhos de artista: que deixa fluir, que coloca amor e energia no que produz.

E com isso você acaba atraindo pessoas nessa mesma onda, que respeitam seu trabalho e querem descobrir as nuances de como você faz para isso acontecer.

Por isso, preste atenção nesses erros e não cometa mais:

1. Achar que não tem talento ou que a escrita é seu ponto fraco

Você foi educado na mesma língua que eu (caso fale Português do Brasil)
Você pode até ter lido alguns livros que eu li.
Seus mestres podem ser até os mesmos que os meus.

O que nos diferencia é o olhar que dou para a escrita. E a prática facilitada através desse olhar.

Todos podem escrever coisas bonitas. Basta permitir que isso venha à tona.

2. Escrever seguindo regras rígidas que coloque seu texto numa caixa imaculada.

Isso trava sua criatividade.

No começo se solte, depois domine técnicas. Misturar as duas coisas é apenas facilitar que os monstrinhos sabotadores circulem por sua mente.

3. Achar que escrever bem é escrever de forma rebuscada.

Ninguém fala "por obséquio, sua senhoria, permita-me debater sobre o meu produto." Isso foi até engraçado, porque eu nem sei escrever de forma rebuscada.

Lembre-se sempre que um texto é uma conversa.

Quanto mais você trouxer palavras simples e fáceis de serem entendidas, melhor vai ser o seu texto.

Não estou dizendo para você escrever com gírias (dependendo de onde for compartilhado esse texto, pode sim), mas apenas para trocar "aumento dos seus rendimentos" por "um salário maior" ou "mais dinheiro na sua conta", por exemplo.

4. Ficar só estudando

Você nunca vai escrever bem ficar pensando que precisa ler 20 livros e fazer 10 cursos de escrita e só depois praticar.

Você vai escrever bem quando, ao ler o primeiro capítulo de um livro já ousar escrever usando as dicas e ideias que você adquiriu ali.

Bons escritores são bons leitores, é claro, mas eles também são ótimos escritores porque escrevem muito.

"Ah, mas a fulana só escreveu 1 livro e entrou para a história"

Bem, existem exceções à regra, eu prefiro não imaginar que sou uma exceção, prefiro praticar muito até acertar.

5. Não reler suas antigas obras

Tem que ter estômago pra encarar as primeiras tentativas de artigos para blogs, legendas para redes sociais, cartas de vendas...

Mas é apenas dessa maneira que você consegue sentir a tua evolução. A tua habilidade de escrita melhorando, fluindo com mais leveza e segurança.

Então, releia o que você escreveu lá atrás e reescreva hoje com a sua nova experiência, e prováveis, novos conhecimentos.

E, por último, sinta orgulho da sua trajetória!


CONCLUSÃO

Escrever bem não é um dom dos poucos escolhidos.
É uma habilidade. E como toda habilidade, pode ser treinada, melhorada, levada à excelência.

Encare o ato de escrever como um momento de liberdade de criação e expressão.

E primeiro deixe a escrita fluir, depois domine as técnicas.

Por isso, quero te convidar para fazer parte da minha MasterClass "Escrita que Flui e Encanta".

No momento estou organizando os detalhes dessa Masterclass para divulgar, em breve,  todas as informações, mas já deixo à disposição um campo para reservar a sua vaga.

Então, deixe seu nome, e-mail e telefone que eu vou te encaminhar por e-mail os detalhes sobre a abertura dessa turma.

Te vejo lá!

E é claro, se você gostou desse artigo deixa o seu comentário abaixo:

4 comentários. Clique aqui para comentar também!

  1. Eu simplesmente AMEI esse conteúdo!
    Com certeza vou colocar em prática!

    Obrigada pelo seu trabalho lindo aqui no Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju! Que bom que tu gostou, espero ter ajudado de alguma forma.
      Beijão!

      Excluir
  2. Mi do céu, que conteúdo maravilhoso! Amei tudo e as dicas para escrever sobre determinado assunto são geniais. Já vou colocar em prática! Parabéns e muito obrigada por compartilhar essa riqueza conosco!!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! Ah que bom que te ajudou! Depois me conta se tu notou alguma mudança na tua forma de produzir seus artigos. Um beijo!

      Excluir

Obrigada por comentar! Assim que possível venho aqui para responder você. Beijos!