Ansiedade: como lidar com as crises

Eu sofro com crises de ansiedade há pelo menos 6 anos. Houveram noites em que eu acordava de madrugada com o coração na boca, sem conseguir respirar e com a sensação que eu estava me afogando.


Houve um dia que eu desmaiei.
Em outros eu senti braços, pernas e boca formigarem, o peito apertar e o ar não conseguia chegar aos pulmões.

Alguns dias chorei histericamente.
Em outros eu não tinha energia para nada. Eu me sentia esgotada, sem um pingo de vontade, sem esperança e sem conseguir enxergar a solução.

Aliada à minha ansiedade eu tenho depressão desde muito cedo. E quando as duas se juntam eu fico sem saber o que fazer. O sentimento é de pura impotência.

E porque eu estou abrindo o meu coração e te contando isso?

Porque eu sei que você também pode estar passando por isso e não quero que você se sinta culpada pelo que acontece com seu corpo e sua mente nesse momento.

Infelizmente o modelo de vida adotado como "padrão" é o que está nos matando, literalmente. Os números de casos de suicídios aumentam todo dia. Pessoas com menos de 30 anos já têm mais chance de morrer de infarto do que senhores de 60.

Mas afinal, o que deixamos de lado para entrar nesse looping infinito de crises, dores, angústias e autoflagelo?

Hoje eu te convido a seguir alguns passos que vão te ajudar a lidar melhor com as suas crises. E já adianto que não é a cura e que não é controle, é pura e simples, uma forma de gerir o turbilhão de emoção e sentimentos que são gerados nesse momento.

Passo 1: Tente pensar sobre a causa dessa ansiedade


É pelo trabalho, pelas responsabilidades, pela escola, pelo relacionamento, pela família?

Tentar entender o que está causando essa crise ajuda nas próximas escolhas e passos a seguir.


Passo 2: Medite sobre as soluções que você pode tomar


Normalmente a gente tem algumas escolhas para tomar ao lidar com a causa da nossa ansiedade:

  • Organizar melhor o nosso tempo
  • Se afastar de algumas pessoas ou atividades
  • Tirar alguns hábitos da nossa rotina
  • Mudar de emprego ou estratégia com seu negócio
  • Demitir alguns clientes (caso tenha uma empresa ou preste serviços para alguém)
  • Parar de criar listas imensas de tarefas para serem feitas em uma semana ou um dia;
  • Focar no que realmente importa e precisa ser feito
  • analisar cada ATIVIDADE, PESSOA E FUNÇÃO e definir o que elas estão te trazendo de resultados
Muitas vezes não abandonamos relacionamentos saturados, empregos torturantes ou atividades que sugam nossas energias por puro ego e por medo, algumas vezes.

Mas pense comigo: QUAL É O PREÇO DA TUA PAZ?

Passo 3: Hobbies e Energia


Pense em alguns hobbies que você possa fazer e que te desligue um pouco da vida.

Além disso, pratique algum esporte que gaste um pouco a energia acumulada.

Muitas crises que eu passei foi por causa de uma cabeça cheia de coisas pra fazer e um organismo sedentário. A energia se acumula e precisa ir para algum lugar.

Por isso, procure por um esporte de equipe ou que queime bastante caloria para extravasar essa energia acumulada.

Passo 4: Converse com Deus


Tire um momento do seu dia para sentar diante de Deus e conversar com ele.

Não precisa rezar o pai nosso, apenas abra seu coração. Chore e peça para ele segurar a sua mão. Diga que está com o coração amargurado e que não quer mais ficar assim.

A tristeza não deve fazer morada em nossa alma.

Deus nos fez para sermos felizes, para realizar nossos sonhos e para ajudar as outras pessoas também.

Deus nunca nos faria sofrer de propósito. Às vezes, ele só coloca provas na nossa vida para que possamos olhar para o que realmente importa.

Peça paz, luz e um abraço carinhoso de Pai.

Passo 5: Durma


Dormir regula não só alguns hormônios, como controla a bagunça de ideias e pensamentos que temos ao longo do dia.

O cérebro precisa desligar, como se fosse reiniciar o programa que está travando.

Tire um dia ou dois para dormir um pouco mais, sem culpa. Mas também não precisa dormir o dia todo.

Equilibre suas noites de sono e períodos pequeno de folga.


Passo 6: Saia com uma amiga


Sair com uma amiga para conversar e comer alguma coisa juntas vai te ajudar demais!

Às vezes, a ansiedade surge por algum medo de solidão, abandono ou indiferença dos outros.

Por isso, cuidar da nossa saúde emocional é fundamental.
E as amigas sempre vão ter assuntos diversos que tiram o nosso foco da angústia. Inclusive para matar a saudade, caso faça algum tempo que vocês não se veem.

Passo 7: Faça terapia


Sem a minha terapia, talvez eu não tivesse conseguido sair do buraco que eu me enfiei durante o ano passado.

Na terapia você consegue ir organizando o quebra-cabeças de emoções que o nosso cérebro gera.

Cada pecinha tem o seu papel importante.

Por tanto, investir em terapia não é gasto e muito menos bobagem.

Pois com ela você se sente mais segura tendo alguém do seu lado te ajudando a tomar decisões com calma e sem culpa.

Passo 8: Se ame


Tome um banho demorado, passe um hidratante, faça uma escova no cabelo, faça uma maquiagem bem suave e delicada ou faça as unhas.
Faça um alongamento.

Olhe no espelho e sorria para a pessoa linda e incrível que você é.

Todas essas cicatrizes e mágoas te trouxeram até aqui hoje, mas elas não te definem., elas apenas fazem parte da sua história.

Passo 9: Procure ajuda de um médico


Às vezes, essas medidas que são paliativas, podem não funcionar, principalmente em casos mais graves. 

Se estiver passando muito mal, vá até um psiquiatra.



Então, ao seguir esses passos a sua crise vai diminuir. E eu sugiro que você faça isso constantemente, não espere estar passando mal para decidir implantar pequenos hábitos saudáveis para tua saúde emocional.


Se esse post fez sentido para você, por favor, deixe o seu comentário e mande esse artigo para outras pessoas que também estão sofrendo com isso.

Um comentário

  1. Lidar com ansiedade é bem difícil e está cada vez mais comum ser diagnosticado com ela. Adorei seu post e achei muito bem informativo.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Assim que possível venho aqui para responder você. Beijos!