[CRIATIVIDADE] Sete hábitos de pessoas altamente criativas

Este artigo foi baseado no original: " Seven Habits of Highly Creative People do Blog "Creativity At Work" fiz um trabalho de tradução e adaptação de texto.


1. Prepare o território

“Ao criar, a única coisa difícil é começar; Uma lâmina de grama não é mais fácil de fazer do que um carvalho. ”- James Russell Lowell

A criatividade requer uma mente aberta, um estado relaxado de foco e atenção. Dê a si mesmo o tempo e o espaço necessários para aproveitar essa zona de criatividade e inspiração. Que o desejo de criar venha do puro prazer da expressão criativa. E não se preocupe com a perfeição, isso pode fazer com que você nunca comece nada.


2. Plante sementes para a criatividade

"Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, criamos o mundo. ”- Buda

Aquilo em que mais pensamos acaba se tornando a nossa realidade. Coloque a sua atenção no que você deseja criar, não nas reclamações. Foque nas soluções.


3. Questione sempre

“Seja paciente com tudo o que não está resolvido em seu coração. E tente amar as perguntas em si. ”—Rainer Maria Rilke

Dizem que aos 5 anos de idade as crianças fazem 120 perguntas por dia.
Aos 6 anos fazem apenas 60 perguntas por dia e, aos 40 anos, os adultos fazem 4 perguntas por dia.

Nós, adultos, precisamos adotar a "mente do iniciante" e fazer perguntas, em vez de tentar encontrar respostas imediatas. Preste atenção às perguntas que outras pessoas fazem, especialmente as de artistas, cientistas e líderes de opinião. Colete perguntas que você achar atraente.


4. Alimente seu cérebro

“Se você se enche de poemas, ensaios, peças de teatro, histórias, romances, filmes, histórias em quadrinhos, revistas, música, automaticamente explode todas as manhãs como velhos fiéis. Nunca tive um período de seca na minha vida, principalmente porque me alimento bem, a ponto de explodir. ”- Ray Bradbury

Seja curioso e siga seu nariz. Interesse-se por algo e, posteriormente, ele fornecerá uma mina de ouro de idéias se você aprender a fazer conexões entre pessoas, lugares e coisas que normalmente não seriam conectadas.

Combinar idéias e estabelecer conexões (gerar contexto) são as principais práticas de criatividade empregadas por artistas, designers e cientistas.


5. Experimente e explore

“Cometo mais erros do que qualquer outra pessoa que conheço e, mais cedo ou mais tarde, patentei a maioria deles.” - Thomas Edison

Edison foi um inventor e inovador extremamente produtivo, produzindo mais de 1.093 patentes! Ele também era um mestre em aprender com experiências fracassadas. Quando ele morreu em 1931, deixou para trás 3.500 cadernos contendo detalhes de suas idéias e pensamentos.

Se você seguir sua curiosidade, experimentar idéias e aprender com seus erros, a qualidade de sua criatividade melhorará bastante.

E lembre-se sempre que uma ideia genial sem ser colocada em prática não vale nada, agora, uma ideia simples colocada em prática poderá trazer muito resultados.


6. Reabasteça seu estoque de criatividade

“Como artistas, precisamos aprender a ser auto-nutritivos.” - Julia Cameron

Joni Mitchell descreve seu processo de reabastecimento como rotação de campo. Quando ela precisa de um tempo, ela muda de canto e composição para pintura.

Hoje em dia, com a internet, poder criar um canto nosso com o próprio estoque de criatividade é mais fácil do que fora uma vez.

Pinterest, instagram, tumblr, livros, teatro, cinema, youtube: há criatividade em toda parte. Saiba onde buscar e onde organizar tudo isso.

      | Você pode gostar desse artigo: 5 dicas para você ser mais criativo


7. O segredo para liberar sua criatividade

Embora não haja uma fonte mágica que liberte sua criatividade, pode ser útil lembrar como você brincou quando era criança. O que o absorveu na medida em que perdeu a noção do tempo? A brincadeira de seu filho ou sobrinhos fornece a pista para sua criatividade, seus talentos e sua paixão.

Que conexões você pode fazer das lições que aprendeu brincando e que pode aplicar ao seu trabalho?

A criatividade assume muitas formas nos negócios, arte, design, educação e ciência. Quando expressamos nossa criatividade nesses domínios, temos a capacidade de tornar a vida e o trabalho uma obra de arte.

Este artigo de Linda Naiman, foi publicado pela primeira vez em A Hopeful Sign, junho de 2011

Nenhum comentário

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Assim que possível venho aqui para responder você. Beijos!