[ORGANIZAÇÃO PESSOAL] Planejamento de Vida - como fazer um eficaz




Planejar a vida é você dar um sentido para a sua jornada. É você encontrar uma motivação que te instigue à mudar, inspirar e transformar não só a sua vida, mas a vida das pessoas ao seu redor.

Nós fazemos parte de microuniversos. Na nossa casa, com nossos amigos, na faculdade, no trabalho, no treino e assim por diante. Todos os dias nós temos contato com diversas pessoas e a grande diferença entre uma pessoa que tem um ideal é que ela vai procurar ajudar e inspirar de alguma forma essas pessoas. Ela vai querer fazer a diferença na vida de alguém.

Planejar a vida não significa querer que tudo aconteça conforme planejamos, muito menos que a pessoa precisa sofrer de ansiedade e ficar focada apenas no futuro. Planejar a vida é apenas ter uma clareza maior sobre porque fazemos aquilo que fazemos.

Uma boa forma de começar a planejar a sua vida é fazer mesmo uma análise geral. Como as coisas estão acontecendo? 

Qual é o teu maior objetivo? O que te realiza de verdade? O que você precisa mudar? O que você precisa aprender para chegar onde você quer chegar? Esse é o ponto chave.

        | Você pode gostar de ler esse conteúdo: Você já encontrou seu lugar no mundo?

Muitas vezes nos preocupamos apenas com o objetivo final. Mas não dedicamos nosso tempo, energia e dinheiro para definir como trilhar esse caminho. A jornada é muito mais importante que o objetivo final. Não é sobre velocidade é sobre consistência.

Para fazer um planejamento de vida efetivo precisamos estar cientes de que todas as áreas dela precisam estar em equilíbrio. Não adianta eu querer ser mega produtivo, ganhar dinheiro, trabalhar que nem doido se a nossa vida social, nossa saúde física e emocional estão em frangalhos.

Ter uma vida de alta performance exige um equilíbrio.




Por tanto, a ferramenta mais fácil de mensurar como está a nossa vida hoje é a RODA DA VIDA.


EXPLICANDO A RODA DA VIDA:


Roda da Vida – Tríade Pessoal 



Desenvolvimento Intelectual 

Consiste em analisar, de 1 a 10, o seu nível de investimento atual em seu desenvolvimento intelectual, sua abertura a novos aprendizados, experiências, estudos e conhecimentos. Tanto para o crescimento na carreira, como para o amadurecimento pessoal, investir neste quesito é essencial para que se aprimore como ser humano e aprenda a lidar com mais inteligência e sabedoria com seus desafios e escolhas. 

Saúde e Disposição 

Se você apenas trabalha e trabalha e nunca encontra um tempo para cuidar de sua saúde física e mental, com certeza sua Roda da Vida vai revelar isso. Cuidar do seu bem-estar é fundamental para que tenha sempre energia, ânimo, fôlego e motivação para enfrentar sua rotina na empresa ou em casa, sem que tudo isso tudo engula você. O corpo fala e dá sinais de quando algo não vai bem. Quando ignoramos isso, colocamos em risco a nossa saúde e, consequentemente, nossa capacidade de realização. Ao identificar o nível de atenção que você tem dado a este quesito, poderá tanto reavaliar seus comportamentos como manter o que está dando certo. 

Equilíbrio Emocional 

De 1 a 10, quanto os acontecimentos afetam suas emoções? Já parou para refletir sobre como tem reagido às situações do dia a dia e a forma como tem lidado com elas? Pois bem, essa é a hora de pensar sobre isso e de aprofundar seu conhecimento sobre os sentimentos que dominam sua vida. 

Quando falamos em equilíbrio emocional estamos falando do modo como lida com seus desafios, conflitos, inseguranças e situações adversas, pois a sua reação nestes momentos revela muito sobre sua qualidade de vida. Quanto mais equilibrado, melhor será o controle das emoções nocivas, utilização das positivas e tomada de decisão. Já se isso não estiver em sintonia pode levar você a agir por impulso, com descontrole e sofrer com problemas que podiam ser evitados. 

Roda da Vida – Tríade Profissional 

Recursos Financeiros 

Embora este não seja o único objetivo, o fato é que todos trabalham com o intuito de promover recursos financeiros que garantam condições básicas de sobrevivência. Por isso, quando nossa profissão ou emprego não são suficientes para o provimento do dinheiro que precisamos para pagar nossas contas, adquirir determinados produtos, serviços e bens e realizar os nossos sonhos, acabamos ficando bastante descontentes. Isso acontece porque além de os rendimentos não serem suficientes ou compatíveis com nossos esforços ou formação, a falta deles nos impede também de honrarmos os nossos compromissos financeiros. 

Outro problema é quando mesmo ganhando bem, os gastos são excessivos e, por isso, as contas não fecham. Por isso, ao analisar e responder, em sua Roda da Vida, qual é o seu nível de satisfação financeira atual, terá uma dimensão mais exata do que precisar melhorar com relação às suas finanças ou se está indo bem. 

Contribuição Social 

Já parou para pensar em como o seu trabalho afeta a vida das pessoas à sua volta? Se o que faz entrega ou não uma contribuição social? Você sente que suas ações ajudam a transformar nossa sociedade e mundo para melhor? Tudo que fazemos ou deixamos de fazer impacta, direta e indiretamente na vida do outro e, por isso mesmo, devemos estar atentos à nossa contribuição. 

Muitas vezes subestimamos o poder das pequenas ações e deixamos de colaborar porque acreditamos que é “pouco demais”. Contudo, tudo que você faz com amor, respeito e compaixão, traz sempre algum resultado positivo para a vida de alguém e também para a sua. Analise este quesito com carinho e veja onde você pode ajudar. 

Realização e Propósito 

Agora, olhando para dentro de você, de 1 a 10, o quanto seu trabalho atual está verdadeiramente conectado com sua essência e com seu propósito de vida? O propósito é o que nos faz levantar todos os dias motivados a ir além, a dar o nosso melhor e a fazer a diferença no mundo. Quando trabalhamos sem esta conexão maior, acabamos automatizando nossas ações e deixando de reconhecer o nosso poderoso papel de transformação seja em nossa vida, seja na vida do outro. Analise sua Roda da Vida e, com base nisso, procure tanto fortalecer seu propósito, caso já tenha um, como buscar ferramentas para te ajudar a encontrar sua razão verdadeira de ser e de existir, ou seja, a sua missão. Uma boa dica é utilizar o Coaching! 

Roda da Vida – Tríade da Qualidade de Vida 

Criatividade, Hobbies e Diversão 

Nem só de trabalho vive o homem. Na prática, isso quer dizer que todos nós precisamos de momentos de lazer, relaxamento, plenitude, ou seja, viver nosso direito legítimo de nos divertirmos um pouco com a vida. Estes momentos são essenciais para descansar o nosso corpo e a nossa mente, recarregar as baterias, aflorar a criatividade, repor as energias, eliminar as cargas negativas e simplesmente deixar o tempo fluir, sem prazos, condições ou regras. 

Somos acima de tudo seres humanos e para nos tornarmos seres integrais, nós precisamos inclusive destes períodos mais leves e despreocupados. Neste sentido, quando foi à última vez que se permitiu relaxar? Tem se dado este direito ou raramente se permite momentos de lazer? Faça sua Roda da Vida e reflita sobre isso! 

Plenitude e Felicidade 

Existe uma frase muito sábia atribuída a Mahatma Gandhi que diz que – “Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho!”. Ela nos mostra que é a forma como fazemos a nossa caminhada que nos leva a sermos verdadeiramente felizes e plenos. Talvez você nunca tenha parado para pensar se você é ou não feliz e no que te aproxima ou distância de conquistar a satisfação pessoal neste importante aspecto da vida. Quem sabe ainda você tenha passado por eventos ruins que tiraram o sorriso do seu rosto e que te fizeram duvidar do seu merecimento e capacidade de ser feliz. Entendo, mas não precisa ser assim. 

Todos, inclusive você, merecem ter alegrias, prazeres e júbilos e viver momentos positivos, especiais e únicos. Por isso, mesmo que tenha vivenciado experiências não tão boas, jamais permita que a sua plenitude seja sacrificada. A felicidade é um estado de espírito maravilhoso, que alimenta nossa motivação, paz interior, autocompaixão, entusiasmo e a vontade de ir além e fazer a diferença. 

Avalie em qual nível a sua está hoje ou nos últimos tempos, conscientize-se do seu merecimento e busque trabalhar para que possa ter sempre momentos plenos. 

Espiritualidade 

Independente de qual seja a sua religião ou mesmo se você não tiver uma, saiba que a espiritualidade é um aspecto da vida que, acima de tudo, nos conecta com as possibilidades infinitas do universo. Não temos controle absoluto sobre nada ou sabemos exatamente o que vai acontecer nos próximos minutos, horas, dias, pois a vida segue um curso, na maioria das vezes, imprevisível. Contudo, podemos escolher ser positivos e acreditar que as coisas vão dar certo, sim. 

Estas também são formas de expressar a sua crença positiva em si mesmo, nas pessoas e na vida de modo geral e de exercitar a sua espiritualidade, por meios de ideias e sentimento bons e da energia poderosa que emana de dentro de você. Portanto, ao responder este quesito em sua Roda da Vida leve em consideração tudo isso. 

Roda da Vida – Tríade dos Relacionamentos 

Vida Social 

Mesmo que você seja uma pessoa mais reservada, a vida social diz respeito a sua capacidade de estar em diferentes ambientes e de se relacionar amigavelmente com o outro. Para uns, representa ter uma vida agitada, com uma rotina de baladas, compromissos profissionais e um rico networking. Para outros, receber os amigos em casa, ir ao cinema com o namorado, participar dos encontros da igreja ou fazer uma reunião mais tranquila num final de semana em família. 

Não existe certo ou errado, apenas o que for melhor para você, pois cada um define como vai se relacionar com as pessoas e o mundo ao seu redor. Entretanto, é importante estar atento aos extremos – agitação ou reclusão em demasia, pois cada um te limita de uma forma diferente e pode acabar lhe prejudicando. Avalie, então, se precisa ou dar mais atenção à sua vida social ou dar um tempo de tantos compromissos e busque o caminho do meio. 

Relacionamento Amoroso 

De 1 a 10 qual é a qualidade do seu relacionamento amoroso hoje? Sente-se feliz ao lado de seu companheiro ou companheira? Tem uma relação saudável e construtiva ou vivem brigando o tempo todo? E mais – qual é o seu nível de autoamor e de autocompaixão? Este quesito traz estas e outras importantes reflexões e não apenas sobre o amor a dois, mas sobre o amor individual, aquele que devemos sentir por nós mesmos. 

Na prática, estas questões ajudam a mapear suas emoções e a identificar o seu verdadeiro grau de desenvolvimento amoroso atual. Assim, quanto mais conhecer a sua essência; estiver consciente de suas qualidades; confiante em ser quem é e reconhecer o seu valor como pessoa, mais terá a clareza para definir que tipo de relação você deseja ou não ter. Tudo isso é essencial para construir relacionamentos positivos e duradouros e nutrir um amor capaz de trazer crescimento, harmonia, paz, respeito, companheirismo e felicidade ao casal. 

Portanto, seja bem verdadeiro quando avaliar seu momento atual no aspecto amoroso, para que de acordo com sua resposta, possa tanto manter o que está muito bom, quanto mudar o que não está tão legal assim. 

Família 

Sou filho, logo existo! Por fim, chegamos ao último e não menos importante ponto da Roda da Vida: a família. Esta que é a nossa base, nossa origem, que explica muito quem somos e porque somos e nossos valores e crenças. Direta ou indiretamente, a família sempre tem um peso muito grande em nossa formação como pessoas, profissionais, cidadãos e seres humanos. Somos o reflexo de todos aqueles que vieram antes de nós e vivemos o seu legado todos os dias. Assim também será com os nossos filhos, pois são eles que formarão às próximas gerações do nosso clã. 

Por isso, quando a família vai bem, por mais que os problemas externos sejam desafiantes, nós nos sentimos mais confiantes para enfrentá-los, pois sabemos que podemos contar com seu apoio incondicional. Por outro lado, quando há muitos conflitos e assuntos mal – resolvidos, tudo ao nosso redor sente o peso desta falta de sintonia. Nosso trabalho fica prejudicado, perdemos o foco, a motivação e a alegria e, corremos até mesmo o sério risco de adoecer. 

Para evitar que isso aconteça ou se perpetue, é muito importante que, ao responder sua Roda da Vida, você seja sempre o mais sincero possível, uma vez que o primeiro passo para melhorar o sistema familiar ou manter sua sintonia e identificando seus pontos de melhoria, ou seja, os aspectos onde todos os membros podem evoluir. A nota será um símbolo de como você vê tudo isso, neste momento, e deve ser uma sinalizadora das melhorias que deseja fazer em conjunto com sua família para que todos possam conviver sempre em paz e harmonia.




Nessa ferramenta você vai de fato olhar para tudo o que influencia nossa vida e nossas ações.

Então você vai dar uma nota para cada um desses setores. Não importa a ordem. Mas analise de forma sincera e verdadeira como está hoje cada aspecto da sua vida.

     | Você pode gostar dessa dica de leitura: Por que fazemos o que fazemos?


Depois disso, você vai ter uma espécie de mapa que vai te mostrar o que precisa ser feito agora para ajustar o seu equilíbrio. 

Então as dicas para um Planejamento Eficaz de Vida são:

1. Faça a sua Roda da Vida
Imprima e preencha.

2. Analise o que precisa urgentemente melhorar
Agora, com as notas dadas você vai verificar qual setor você está deixando mais de lado.

3. Defina metas para cada um desses aspectos. 
Cada setor da sua vida que estiver com uma nota abaixo de 7 você deverá estipular 02 metas, uma pode ser de curto prazo  e uma de médio prazo.

4. Execute essas metas.
Exatamente por isso, o passo 3 é importante, pois ao definir a meta você já insere ela no seu cotidiano.

5. Revise
Volte de tempos em tempos e analise novamente como está agora a sua roda da vida. Você pode fazer a cada trimestre ou a cada semestre. Isso você define. Olhe para as metas novamente, verifique o que você já fez ou está fazendo e o que ainda falta.



Planejar a sua vida é fazer o que precisa ser feito, mesmo quando eu não quero ou não goste.

      | Leia também: Seja o protagonista da sua Vida!

E então. Gostou desse conteúdo?



Me encontre no instagram | @milenefarias_
Me encontre no Pinterest   | Milene Farias


Nenhum comentário

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Assim que possível venho aqui para responder você. Beijos!