[ESCRITA] Qualquer um pode ser escritor?

19:50:00
Há algum tempo atrás eu havia escrito um artigo sobre a minha primeira aventura como escritora, você pode ler ele aqui.




Hoje venho para trazer uma outra discussão: Será que qualquer pessoa pode ser um escritor?


harry potter dreams GIF
Eu também, JK. eu também.

Quando se fala em "escrever livros" ou "ser escritor" a imagem que algumas pessoas têm é que a pessoa precisa sentar numa cadeira e deixar que os poderes divinos venham lhe deem inspiração e ela começa então a escrever. Ou outras pensam assim: "olha, se ela lê tantos livros por ano e entende muito desse gênero pode se tornar uma grande escritora, já que está acostumada a ler".

Se um desses é o seu pensamento eu sinto lhe informar que você está redondamente enganado.

ron burgundy what GIF

Pois é. Ler muito não é significa que você será um bom escritor, e olha que eu teria tanto exemplo para trazer aqui, mas vamos deixar isso quieto. Obviamente que ler é o segundo emprego de um escritor, pois quanto mais lemos mais vamos aumentar nosso vocabulário e experiências. Mas ler por si só não garante nada.

Escrever exige técnica, estudo, aperfeiçoamento mas acima de tudo exige sensibilidade.
No dicionario sensibilidade significa: emoção, sentimento, capacidade de captar e expressar sentimentos e coisas.

A escrita é algo que vem de dentro sim, mas que também exige técnica. Agora, de nada adianta a pessoa fazer mil e um cursos, ser o Einsten da escrita - isso nem existe, mas vamos fingir que ficou legal essa metáfora - e escrever algo que as pessoas não entendem, que não se conecta com elas ou algo que é simplesmente ruim.


Então, quem é que pode ser um escritor?

Primeiramente, ser um escritor é uma vocação.

Você precisa ter a capacidade de transformar percepções e sentimentos em narrativas. Precisa ter um olhar crítico e diferenciado sobre o mundo. Não basta ler muito e fazer cursos, é preciso traduzir emoções e sensações. Eis aí o pulo do gato!

cat fail GIF

Saber transmitir emoções, sensações e lembranças é conectar o leitor na sua história. Amo essa frase do escritor português José Jorge Letria:

Se você quer ser escritor, seu foco é escrever textos que iluminem dentro do leitor algo importante que você iluminou dentro de você mesmo.

Então não basta ter uma ideia maravilhosa, você precisa saber transmitir emoção, precisa saber escrever. Além disso, tem ser um bom contador de histórias, antes deu tudo. Isso exige não entregar pouco e nem muito, é necessário equilíbrio para dar liberdade ao leitor, para que ele mesmo crie a empatia e a conexão com o livro que é própria de cada um.

Só para dar um exemplo que reforça que não basta a pessoa ter condições de ler centenas de livros e pagar pelos melhores cursos para se tornar um bom escritor:

Carolina Maria de Jesus teve um acesso muito limitado aos livros durante boa parte da sua vida, mas foi alfabetizada e amava ler. Então ela decidiu transmitir para o papel o que ela pensava e sentia sobre as desigualdades sociais que ela estava submetida diariamente e escreveu o livro "Quarto de Despejo", que chegou a ser traduzido para quatorze línguas e se tornou um objeto de estudo tanto aqui no Brasil quanto no exterior. Ela era uma catadora de papeis que vivia na favela do Canindé na década de 50.


Stephen King deu uma aula de escrita no seu livro "Sobre a Escrita" que tem uma resenha aqui, se quiser ler mais e achei importante trazer dois conselhos dele para os escritores iniciantes, assim como esse ser humano iluminado aqui que vos escreve.

Não seja apegado demais a gramática
De acordo com King, escrita é primeiro sobre sedução e não sobre precisão.
“A linguagem nem sempre precisa usar gravata e sapatos de laço. O objeto da ficção não é a certeza gramatical, mas sim fazer o leitor se sentir bem-vindo e o contar uma história. Você deve se esforçar em fazer a pessoa se esquecer de que está lendo uma. ”

Aprenda a arte da descrição
“A descrição começa na imaginação de quem escreve, mas deve terminar na de quem lê”.


A criação literária exige mais do que técnica, viram só?

E para finalizar digo e repito: uma leitura fácil é uma escrita difícil.

Um super beijo pra vocês e até a próxima!

Nenhum comentário:

Obrigada por comentar! Assim que possível venho aqui para responder você. Beijos!

Tecnologia do Blogger.